O rapaz é mesmo benfiquista

terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

Espero dar continuidade ao sucesso que outros jogadores têm vindo a ter no Braga e fazer um grande campeonato, com títulos, se possível.

A coragem com que Rúben Amorim, já com a camisola do Braga, deseja que o Benfica seja campeão esta época comove-me. Esperamo-lo no Marquês.

Até agora a melhor notícia do último dia do mercado de transferências

É que, durante o mês de Fevereiro, os sócios do Benfica vão poder assistir gratuitamente a todos os jogos das modalidades no pavilhão da Luz.

Queremos ver os pavilhões cheios!, pede Carlos Lisboa.

Últimas 48 Horas


Resta saber o que o resto do dia nos reserva...

Se o tipo salta da ponte ou se as pessoas ao fundo da imagem vão ter com ele e dizem-lhe "Não te preocupes, ao menos veio aquele defesa esquerdo que tanto pediram, certo?"

Ainda está muito verde


Tirando o empréstimo ao Casa Pia, este vai ser o primeiro contacto que o rapaz vai ter com o difícil mundo do futebol profissional. Tenhamos, pois, calma com ele.

A mulher da rulote

segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

- Boa noite, era um prego.
- E uma cerveja - acrescenta o Ricardo.
- Não há pregos - responde a mulher. - Mas há bifanas.
- Pode ser.
- E a cerveja... - relembra o Ricardo.
- Isto está fraquito, não está? - pergunto. Nas cinco rulotes em meu redor, estou eu e o Ricardo numa, mais duas pessoas noutra e as restantes três não têm ninguém.
- Oh, menino... Está muito mau - queixa-se a mulher. - Se tivessem posto o jogo em Aveiro era bem melhor!
- Pois, estava mais gente...
- Não é só isso. É que o estádio de Aveiro fica isolado e não há cafés perto. Percebe, menino?
A mulher tem razão. O Marcolino de Castro fica numa zona fortemente residencial e o que não falta por ali são cafés. Todos bem compostos de clientela, por sinal. - Pois, não me tinha lembrado disso...
- Então vieram ao jogo?
- Viemos. Mas não vamos ao estádio. Vamos ficar cá fora.
- Hã?! - solta a mulher, incrédula. - Mas são daqui da Feira?
- Não, viemos de Lisboa - responde o Ricardo.
- De Lisboa?! Para ficar à porta?!
- Sim, em protesto contra a roubalheira dos bilhetes - informo.
- Ó menino, isso é que é amor pelo clube! Mas muita maluquice também, desculpe lá que lhe diga.
- Está desculpada.
- Outra cerveja - pede o Ricardo. - A senhora é muito bonita - acrescenta.
- Obrigado, menino.
- A senhora gosta de futebol?
- Então não gosto!
- E é de que clube?
- Do foculporto (atenção que "foculporto" corresponde foneticamente ao que a mulher disse e é precisamente por causa disso que me refiro a esse clube desta forma aqui no blog. Se são os próprios adeptos a falar assim, quem sou eu para os contrariar) - responde, com um sorriso. - E quando era mais nova era dos Super Dragões.
Mau!, penso, enquanto troco um olhar com o Ricardo. - Dos Super Dragões?!
- Sim, mas naqueles tempos não era nada como hoje. Não havia Macaco, não havia tráfico. Havia gente boa e não nos dávamos assim tão mal com as outras claques. Havia rivalidade mas sem o ódio de agora. Lembro-me de um jogo contra o Benfica em que até fizemos uma churrascada onde apareceram benfiquistas. E não acabou tudo à porrada.
- Não acredito...
- Ó menino, estou-lhe a dizer. Estive lá desde o princípio mas passados dois ou três anos começaram a aparecer drogas e armas em força. Aquilo já não era sobre futebol. E afastei-me.
Eu olhava para a mulher e para o Ricardo sem saber bem o que dizer.
- E ainda lhe digo mais - voltou a mulher. - Hoje em dia recuso-me a fazer os jogos do foculporto. Faço muitos jogos aqui na zona norte mas onde eles estiverem eu não vou.
- Então porquê?
- Porquê? Porque são os únicos que me roubam o material e partem a rulote. Da última vez até as lonas de publicidade arrancaram. Partiram-me as mesas e as cadeiras da esplanada. Até estas coisas levaram - e aponta para trás de um vidro onde estavam recipientes metálicos com alface, tomate, cenoura, etc.
- Mas o foculporto tinha perdido esse jogo?
- Qual quê, menino! Tinha ganho. Mas eles são assim, são uns animais. Não têm respeito por ninguém.
- E a senhora não lhes disse que era do foculporto?
- Eles sabiam. Mas não querem saber disso para nada. Querem é roubar e destruir.
- E diga-me uma coisa, nunca lhe aconteceu nada parecido com claques do Benfica ou do zbordin, por exemplo?
- Nunca. Há sempre gente estúpida em todo o lado e há sempre um ou outro malandro que foge sem pagar. Mas nunca chegaram ao ponto de roubar o que estava dentro da rulote e partir tudo.
- A senhora devia era ir para a Luz em dias de jogo. Enchia-se de dinheiro e ninguém lhe fazia mal.
- Isso queria eu, menino. Mas é muito longe e o combustível está tão caro... E depois a que horas chegava a casa? Já viu que tenho aqui a minha filhota a estudar neste cantito ao frio a noite toda? - e aponta para uma miúda.
- A senhora é mesmo bonita - torna o Ricardo.
- Olha que o marido está ali - digo-lhe eu.
A mulher ri-se.
- Bem, temos que ir. Está quase na hora.
- Boa sorte, meninos. Portem-se bem.
- Até à próxima! Veja lá isso de ir trabalhar para perto da Luz.
A mulher sorri. - Não dá, não dá.
Afastamo-nos. - A mulher era mesmo bonita, não era? - pergunta o Ricardo.
- Era, - respondo - por dentro e por fora.

No final do jogo tinha a rulote cheia de gente à volta. Os benfiquistas festejavam a vitória em paz. Só queriam aquecer o estômago e refrescar a garganta. Fiquei contente por ela.

Continua a brincadeira das linhas

Recebido no mail do blog:



Monday Worries


  • Contratar um Lateral Esquerdo
  • Contratar uma alternativa a Maxi
  • Preparar uma equipa para ganhar ao Nacional com Emerson e André Almeida no Domingo que lá vem
  • Não contratar Yannick
  • Renovação de Aimar
  • Integração de Amorim e Perez
  • Política de Bilhetes para 2012 (Preços, Promoções
  • Não haver borlas para o Zenit, como aconteceu com o PSV
  • Levar pessoas a ver o Zenit, com os preços absurdos fixados
  • Direitos Televisivos
  • Naming do Estádio
Com tanto para pensar e resolver dentro de casa, não vai dar ainda para encomendar as faixas esta segunda, mas pode ser que em Abril/Maio haja tempo.

Num clube como o nosso que pela primeira vez em muitos anos vê mais longe do que a gestão corrente do mês, que tem tempo para pensar e para agir em vez de estar noites sem dormir a pensar como vai pagar os ordenados, é inadmissível termos estes assuntos de curto prazo em standby ou em vias de não resolução.

A melhorar e rápido, porque no futebol é tão importante ver a floresta como cada uma das árvores que a compõem, não vá uma delas, per si, levar-nos a falhar os objectivos propostos.

Presidente, Directores, Responsáveis do Clube, vamos lá a agir, por um SLB cada vez melhor e mais forte!

Quase

Não deixa de ser um pouco ridículo, e até barbaramente desprestigiante para o futebol português, que o recorde de invencibilidade no campeonato nacional, evidentemente na posse do Benfica, estivesse quase para cair aos pés de uma equipa que, em inúmeros jogos de uma série sem perder, apresentou no seu sector mais recuado nomes como Rolando, Sapunaru ou Maicon.

Felizmente que, em nome de uma certa probidade, só se ficaram pelo quase.

O que é o colo?

Será isto?

Em breve, na BenficaTV?

domingo, 29 de Janeiro de 2012

Medo.

Feirense 1 - 2 BENFICA

sábado, 28 de Janeiro de 2012

Foi sofrer até ao último segundo de jogo. Campo muito difícil, com zonas claramente afectadas pela afluência de toupeiras à superfície; árbitro com decisões estranhas, não obstante ter invalidade um golo (parece-me) legal do Feirense, mas a culpa foi do fiscal de linha; atitude de vida ou de morte dos jogadores do Feirense. Tudo isto contribuiu para um jogo que obrigou a lutar até ao fim.


Artur - sem hipóteses no golo. Boas saídas nas bolas aéreas, mas isto já não é novidade.

Maxi Pereira - jogo electrizante. Tanta garra, tanta luta, que me faz pedir um desejo: arranjem um destes para a esquerda.

Luisão - bem no jogo aéreo, mas mal nesse aspecto quando em cantos. Falhou na marcação no golo do Feirense.

Garay - dobrou várias vezes os colegas da defesa. Esteve bem, apesar de abusar muito nos passes longos.

Emerson - provou uma vez mais que César Peixoto era um grande jogador... Apesar do jogo fraquíssimo que fez, a dar espaço de sobra aos adversários e falhar passes tanto com os pés como com as mãos nos lançamentos laterais, evitou o provável 2-2.

Javi Garcia - muito trabalho no meio-campo e bem em algumas dobras a Emerson. Foi condicionado pelo cartão amarelo.

Witsel - perdeu algumas bolas pouco habituais nele, mas fez um bom jogo. Esteve perto de marcar. Dá outra qualidade ao passe e pauta bem o jogo.

Aimar - marcado muito em cima, não conseguiu impor o seu jogo. Ainda assim, ofereceu a Rodrigo de bandeja a hipótese do 1-0.

Bruno César - muito apagado. Saiu para entrar Gaitan.

Rodrigo - mais um grande jogo. Mostra-se cada vez mais incisivo. Se melhorar a finalização, será um caso sério no futebol. Até de cabeça esteve perto de marcar. Sofreu a falta que deu o penalti do 2-1. No final, esteve perto do 3-1, mas o guarda-redes adversário fez uma defesa fantástica.

Cardozo - esteve no primeiro golo, ao desviar a bola de cabeça na direcção da baliza, acabando Varela por fazer auto-golo e marcou o 2-1 de penalti. De resto, pouco em jogo.

Nolito - muito lutador como sempre. Inventou espaço para desmarcar Rodrigo dentro da área, acabando este por sofrer falta. Mexeu com o jogo.

Gaitan - continua sem realizar boas exibições. Podia ter marcado numa jogada de contra-ataque, mas mandou por cima.

Matic - veio dar altura à manobra defensiva da equipa e recuperou algumas bolas.

O verdadeiro animal de estimação

sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Cruel

quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012

Esta votação coloca vários dilemas de difícil resolução ao adepto benfiquista, mas a questão dos avançados é particularmente cruel. Tirando uns seis ou sete que se eliminam de caras, é quase desumano pedir que se escolham quatro jogadores deste leque:

Artur Jorge, Espírito Santo, Filipovic, Van Hooijdonk, Vata, Stanic, José Águas, Yuran, Jordão, Magnusson, Manniche, José Torres, Caniggia, César Brito, João Pinto, Rogério "Pipi", Nené, Vítor Batista, Rui Águas, Eusébio, Vítor Silva e Nuno Gomes.

Eu não consegui. A minha votação ficou incompleta.

O aquário

Estive a ler algumas declarações de quem conhece o Marcolino de Castro e senti-me mentalmente transportado para o mítico São Luís, em Faro, onde uma corrida mais desajeitada junto à lateral podia perfeitamente acabar com uma cabeça rachada no muro e cujas dimensões do relvado faziam com que o Joaquim Devanir Ferreira do Carmo (desculpem lá, mas King é o Eusébio) parecesse um central do caraças, de tal forma que até o contratámos.

Dei também uma vista de olhos ao que falta do campeonato e julgo que este vai ser um dos jogos mais difíceis que o Benfica terá fora de casa, não tanto pela equipa do Feirense mas sim por aquele campo verdadeiramente medieval. Devia ser proibido que Aimar pisasse tal local mas, por outro lado, é nos pés e na cabeça dele (mais na cabeça que nos pés) que poderá estar a chave para a vitória.

Apesar destas dificuldades, espero três pontinhos no final do jogo. E que na próxima época não se contrate nenhum rapaz do Feirense só porque até pareceu jeitoso durante o jogo. Como dizia o capitão Cousteau: Os aquários são enganadores. Aí, qualquer peixinho parece um tubarão.

Como o Benfica pode ganhar dinheiro facilmente

Eu acho que enquanto o Guardiola, o Messi, o Xavi e o Iniesta estiverem no Barça, o Benfica deve parar de vender jogadores ao Real com cláusulas que prevejam que o Benfica receba mais dinheiro por cada título por eles conquistado. São cláusulas inócuas. Não faz sentido. Para vermos o grau de bizarria que está aqui em causa, isto é o mesmo que, por exemplo, o zbordin comprometer-se a pagar mais ao Utrecht por cada troféu conquistado pelo Vawuhsmwiuhs. Absurdo, não é? E a roçar o despeito.

Uma boa ideia seria abordar esta questão por outra perspectiva e passar a vender jogadores ao Real com a possibilidade de se receber mais dinheiro por cada título conquistado pelo Barça. Seria dinheiro em caixa.

Quase centenário

quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012


Na minha opinião, o presidente mais controverso da História do Benfica. Excelente em relação às infraestruturas com que dotou o Benfica; muitos títulos no plano desportivo, inclusivamente com o regresso a uma final europeia. Mas a forma como permitiu que o foculporto lançasse as bases para anos mais tarde tomar em definitivo as rédeas do futebol português não pode ser ignorada.

Parabéns ao Maior

Parabéns Eusébio.

Que os sustos que nos deste nestes últimos meses sejam efectivamente uma coisa do passado.

Que o que nos deste a todos nós e ao nosso clube nunca seja esquecido e para sempre valorizado.

Que os feitos do presente e futuro da nossa equipa possam igualar os teus feitos com a nossa camisola.

Que seja possível aos mais novos perceber quem tu foste, o que tu és para o Benfica e quanto amas o Clube e os Benfiquistas e que muitos sigam o teu exemplo de dedicação quotidiana.

O Benfica é maior que todos, mas não deixa de ter um ícone de referência que muito nos orgulha, portanto não te esqueças de te manter de saúde e junto de nós pelo menos mais 30 anos, ok?

Aquele abraço Benfiquista que tu sabes como é e votos de um óptimo dia de aniversário!



Sábado, na Feira

terça-feira, 24 de Janeiro de 2012

As gentes começam a juntar-se nas imediações do estádio por volta das 15h. Abrem-se as malas dos carros: há leitão, há cabrito, há tachos de arroz, há batatas fritas de pacote, há sacos enormes de pão, há azeitonas, há queijo, há grades de cerveja a perder de vista, há garrafões de vinho. Há cachecóis e bandeiras do Benfica. As gentes comem e convivem. Já são quase 18h. Assam-se umas chouriças ao ar livre. Mais pão. Mais azeitonas. Alguém pergunta pelo leitão. Já foi todo. E o cabrito também. Mais cerveja. Mais vinho. Mais convívio e mais Benfica. Já são quase 20h. As gentes guardam os despojos do banquete novamente nas malas dos carros e encaminham-se para o Marcolino de Castro. É um mar de gente. Aquele estádio minúsculo nunca na vida poderá albergar tamanha multidão. Mas as gentes não entram. Centenas e centenas de aparelhos de rádio são ligados. As gentes cantam pelo Benfica e aplaudem. O barulho é ensurdecedor. Lá dentro, os vinte e sete sócios do Feirense também aplaudem a sua equipa. Os jogadores do Benfica não vêem ninguém de encarnado nas bancadas mas sentem-se como se estivessem perante 65 mil almas na Luz. Sim, o barulho é realmente ensurdecedor. Cá fora canta-se o hino do Benfica a plenos pulmões e vozes entarameladas pela cerveja e pelo vinho. Os jogadores arrepiam-se. Um funcionário do Clube Desportivo Feirense dirige-se à turba e, hesitante, a medo, pergunta: "Mas... Não vão entrar?" A família benfiquista ignora o homenzinho, prossegue com os cânticos de apoio e, algures, um cartaz é erguido: "Vão roubar para a puta que vos pariu".


Adenda: entretanto a utopia ganhou corpo.

Piada fácil

Dada a actual conjuntura, o zbordin tem que mandar embora o Bojinov e contratar o Bojitreze.

Dois na mesma equipa?

segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

Compreendo que a decisão possa estar relacionada com o negócio do Djanini, mas não faria mais sentido emprestar o tal Copetti a um clube onde não estivesse já outro guarda-redes emprestado pelo Benfica? Ainda por cima, em virtude da lesão do Gottardi (um dos melhores guarda-redes do campeonato, na minha opinião), o Oblak agarrou agora a titularidade... E quando o Gottardi recuperar, muito provavelmente regressará à baliza e o Benfica vai ficar com dois guarda-redes parados. Não faz muito sentido.

"É difícil", diz ele...

Temos sorte de jogar numa grande equipa com grandes jogadores. É difícil entrar no onze.

Quando o jogador mais genial da equipa diz algo com tamanha dose de humildade... É um privilégio enorme ver este homem no Benfica.

BENFICA 3 - 1 Gil Vicente

domingo, 22 de Janeiro de 2012

Jogo muito difícil, com uma instabilidade e insegurança só explicáveis pelo facto dos azuis terem ganho antes e terem ficado na frente do campeonato.
A primeira parte foi agradável, mas o início da segunda foi fraca. Passes falhados, poucos remates, desconcentração na defesa, apatia.
A entrada de Aimar deu o mote e Rodrigo desfez a igualdade.
Bom resultado num jogo muito complicado contra um autocarro amarelo.


Artur - algumas boas defesas, uma delas espectacular na entrada da segunda parte. Sempre seguro. Sem hipóteses no golo.

Maxi Pereira - muita garra a defender e a atacar. A renovação fez-lhe bem.

Luisão - algumas desconcentrações.

Garay - jogo muito bom. Nada passou por ele.

Emerson - jogo normal. Alguns erros e alguns bons cortes.

Javi - gostei do jogo do espanhol. Mandão no meio-campo, tanto a defender como a sair para o ataque.

Witsel - muito importante na recuperação de bolas e no lançamento do ataque. Incrível controlo de bola.

Gaitan - uma nulidade... Está a atravessar um péssimo momento, não explicável pela lesão recente. Insiste em fintar em zonas proibidas, em que está coberto por dois ou três adversários.

Nolito - mais duas assistências e muita vontade. Algumas perdas de bola ao tentar fintar dois adversários.

Cardozo - poucos remates, um golo. Cardozo no seu melhor. Fraquíssimo para os do costume.

Rodrigo - o espanhol continua a encantar. Revela, de jogo para jogo, mais e melhores pormenores técnicos e tácticos. Mais um golo importante, tirado da cartola.

Aimar - entrou para revolucionar o jogo da equipa. Apesar de algumas atrapalhações iniciais, soube acalmar o jogo e dar dinâmica ao ataque. Marcou o golo da tranquilidade, a passe de Nolito.

Bruno César - entrou com vontade e agitou as águas. Dá outra qualidade na posse de bola.

Luis Martins - entrou para sentir o ambiente.

Sobe e desce

sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Esperamos que o candidato que apoiámos, que foi o Mário Figueiredo, cumpra o programa escrupulosamente, ou seja que nenhum clube iria descer. Foi por isso também que os clubes votaram nele, revelou António Fiusa. Entretanto, o novo presidente da Liga já veio dizer que não disse nada disto.

No meio deste fantástico "diz que disse", afinal como é? Em que pé fica a competitividade do campeonato se realmente foi prometido que ninguém descia? Será que o Gil Vicente tem tanta certeza de que não desce ninguém, que até vem à Luz jogar de peito aberto sem se estar a preocupar em jogar para o pontinho? Sim, deve ser isso...

Melhor do que Broadway


Os melhores intérpretes do momento sobem novamente a palco no próximo domingo. Irá Artur esboçar alguma expressão facial? Jogará Luisão com a peruca de Witsel? Festejará Javi um golo do Benfica no Twitter mesmo estando em pleno relvado? Deixará Bruno César o Gil Vicente no mesmo estado em que ficou a frente do automóvel onde seguia ontem à noite? Conseguirá Nolito estar mais de cinco segundos parado? Será Cardozo expulso por coçar o testículo direito com o polegar da mão esquerda?

- direcção artística de Jorge Jesus.

- momentos humorísticos a cargo do convidado da APAF, Marco Ferreira.


Reserve já o seu bilhete.

O Red Bull não optimiza a performance sexual

Um gajo que prefere ir já para o Salzburgo em vez de esperar mais seis meses para jogar no Benfica não é jogador com mentalidade para o Benfica. Ainda por cima depois de andar desde o início da época a dizer que gostava muito de voltar a jogar com o Nolito, que vê jogos do Benfica, que por ele vinha já para o Benfica, que só bebe leite numa caneca do Benfica e que só copula com preservativos do Benfica. Mas, num ápice, tudo muda... Um colosso austríaco entra em cena e puff: já não quer jogar com o Nolito, afinal sempre foi um seguidor do campeonato austríaco, nem sequer bebe leite e pensa que emborcar uns quantos Red Bull lhe dá força na verga.

Ah, estes pagam mais... Sorte a tua, não queremos cá disso.

Ah, este é um clube mítico e vou poder lutar por títulos.
É isto que queremos.

Diferenças de atitude

quinta-feira, 19 de Janeiro de 2012

estoufartodeestarsentadoqueroéjogarcoñosentadoatéganhoraízesolhaporreirovouaquecermasparamimentravajánemprecisodeaquecerissoéparameninosahfinalmentevouentrarjánãoaguentavamaisoravamosláaistopassaaíabolacapdevilaissoboaagoravoufintarestegajopimbajáestáolhaaliocabeludoapedirmebolapassoparaele?nãoonelsonestáaliemmelhorposiçãovaisersóencostarvoupassarparaeleaívaigolo!boaistoéfácilseumgajoforpassandobemabolaorabemaívoueuoutravezahcoñotirarammeabolaesperaláquenãotevaisficararirvouatrásdetiatérecuperaramerdadabolaandacáhombreajudaaícapissoboabolanossaoutravezseumgajocorrerumbocadoétudomaisfácilmeteabolarápidoqueestouaverocabeludoadesmarcarsepelomeioissotenhoquemeterlhadeprimeiranãopossoperdertempoehpásaiumuitobemopasselávaiogajoacorrerparaabalizapimbagolojáestáofutebolrápidoesimplesétãobonitoqueatédágostovivaoBenfica!



Ah... o... lha... a... qui... u... ma... bo... la... que... gi... ro... que... ro... a... só... pa... ra... mim... sim... por... que... eu... sou... o... mais... me... lhor... cra... que... do... mun... do... is... to... ho... je... es... tá... fres... qui... to... não... me... a... pe... te... ce... mui... to... jo... gar... a... in... da... por... ci... ma... con... tra... uns... me... cos... da... se... gun... da... que... se... ca... do... ca... ra... ças... mas... es... ta... gen... te... não... com... pre... en... de... que... eu... sou... jo... ga... dor... de... cham... pi... ons? eu... fui... fei... to... pa... ra... gran... des... jo... gos... que... ro... lá... sa... ber... da... ta... ça... da... li... ga... o... lha... en... tre... tan... to... per... di... a... bo... la... que... se... fo... da... a... que... le... ga... jo... que... es... tá... a... li... a... trás... cu... jo... no... me... nem... sei... que... a... re... cu... pe... re... que... a... mim... não... me... pa... gam... pa... ra... tal... coi... sa... nun... ca... mais... che... ga... ju... lho... pa... ra... ir... pa... ra... o... man... ches... ter...

Alvalândia



Estão abertas as inscrições para o ano lectivo 2012/2013.

Espaço arejado e recentemente redecorado, com infra-estrutura para actividades lúdicas (só não tem Pavilhão à séria… e Pista de Corrida, vá… mas dá para fazer Tiro à Bala)

A Turma A está completa, só entra mais alguém se houver desistências, mas a Turma B vai abrir agora e há vagas.

Fraldas e Cerelac incluídas na mensalidade. No pacote é possível que saia como prémio uma visita de estudo ao Jamor.

Garantia de que a matéria dada não atrasa mais de 12 Dias até Janeiro e será no máximo de 30 Dias em Maio – fácil de recuperar pelos pais nas férias.

Corpo Lectivo multi-disciplinado e de amplas valências ao dispor dos alunos (Ciência Política, Gestão, Medicina, Futebol, Actividades Policiais, Lavagem, Limpeza e Arrumação).

Actividades Extra-curriculares disponíveis por um pequeno valor monetário extra (Pirotecnia, Decoração de interiores, Salto do fosso, Contagem de títulos, Transferências na hora).


Gestão da Creche por Godinho e Gordinho, Coordenação Pedagógica por Costa e Henrique.

Benfica 2-0 Santa Clara

quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

- arrepiantes as saídas com bola no pé de ambos os centrais.

- o Capdevila tem mais pezinhos do que o Emerson mas está gordo que nem um pipo.

- Matic/Javi no miolo, mister? E quem é que pensava o jogo? O Aimar, em casa, talvez.

- o Nelson Oliveira é daquele tipo raro de ponta-de-lança que sabe descair muito bem para as alas, além de que tem um arranque com bola impressionante para um jogador daquele tamanho. Se deixar crescer o cabelo teremos aqui o novo Ibrahimovic.

- enquanto via a primeira parte ia pensando que o David Simão encaixaria ali na perfeição. Mas o miúdo foi inteligente, já que ao passo que o Benfica joga a Taça da Liga ele muito provavelmente vai estar na final do Jamor. Ainda de ressaca dos festejos no Marquês alguns dias atrás, claro.

- usar e abusar daqueles cantos curtos inconsequentes é assim um bocadinho... parvo? Uma ou duas vezes ainda se compreende.

- o Nolito é aquele tipo de jogador que tanto lhe faz jogar uma final da Champions ou um amigável contra uma equipa da 7ª divisão das Ilhas Faroé. Ser profissional é assim...

- sei que há uma base norte-americana nos Açores. Desconhecia que havia uma sérvia. À excepção das próprias equipas sérvias, o Santa Clara deve ser o clube do mundo com mais sérvios no plantel.

- dantes ficava sempre com um bocadinho de pena por ganhar ao Santa Clara por causa da semelhança do símbolo. Ainda bem que o alteraram.

Vantagem SLB a exponenciar

Domingos destacou que num ciclo de mudança o caminho é longo nomeadamente no que diz respeito a tirar o melhor rendimento dos jogadores. "Ainda não conheço totalmente os jogadores que tenho", finalizou. (Record)

O técnico portista falou depois de Iturbe, salientando que se trata de "um extremo. É um miúdo de 18/19 anos, temos de ter alguma paciência." Quanto a Danilo: "Tem qualidade e talento, acrescenta características um bocadinho diversas das que temos no plantel, mas só a jogar perceberemos o que nos pode dar."  (Record)

Jorge Jesus admite que conhece bem Matías Rodríguez, mas não revela se o jogador poderá reforçar os encarnados, apesar do empresário do futebolista do Universidad do Chile ter confirmado que há negociações para a transferência para a Luz. «Não vamos adiantar nada mas conhecemos a qualidade de Rodríguez. Temos de esperar», acrescentou o treinador. (A Bola)

Jesus neste aspecto diferencia-se positivamente da concorrência. Agora era somar a isto uma avaliação psicológica detalhada do alvo a contratar e a obtenção e análise do histórico comportamental e desportivo (cartões, lesões, mudanças de clube, conflitos, hábitos sociais, hobbies, etc.) até ao momento da eventual aquisição e teriamos o risco das contratações diminuído ao máximo.

Precisamos de uma equipa de recrutamento e selecção profissional, não de apenas bons olheiros e um treinador com conhecimento profundo do rendimento desportivo actual/potencial dos atletas e feeling, para evitar erros de casting que geram perda desportiva, financeira e de imagem.

Estamos fartos de saber que o sucesso do jogador depende tanto do corpo, como da mente, portanto vamos lá a preparar melhor o Benfica para este aspecto chave do negócio. 



Não é Distância, é Benfica!

Não é Distância, É Benfica! - Escrito por Ricardo Caldas (Edição de Guilherme Cabral) by user1746932


Brilhante a escrita. Pena não termos as imagens que o Guilherme já nos habituou, mas o impacto mantém-se.

Sem título

Gamado de um grupo no Facebook:

Peço a todos os meus amigos que receberem algum mail de nome "SEM TÍTULO", que por favor o reencaminhem para o Sporting Clube de Portugal. Obrigado.

Distância de segurança

terça-feira, 17 de Janeiro de 2012

Em Portugal não há distância de segurança quando se vai no carro?

Fazer desta frase de Javi García no Twitter uma notícia mostra bem o estado deplorável em que o jornalismo desportivo português se encontra.

Como eu não quero ficar atrás desse mesmo estado deplorável, faço eu também um post sobre a mesma frase, só para dizer o seguinte:

O Javi tem é que se preocupar em ajudar a manter a distância higiénica de segurança para o foculporto, e o resto é conversa.

Porque o lugar de qualquer lagarto é a cheirar o rabo ao Constantino

Anda a decorrer uma votação no Aventar para os melhores blogs de 2011. Na categoria "Desporto" estão vários blogs benfiquistas, mas é um blog do zbordin que lidera a votação. Desculpem lá, mas esta merda não pode ser. Então mas não temos quase 250 mil sócios, um milhão de facebookianos e milhões de adeptos espalhados por esse mundo fora?

O meu voto iria sempre para o 22... hmm... coiso... (lamento, Diego, mas eu só sei de cor o meu número de sócio), para o Ontem Vi-te no Estádio da Luz do bêbado do Ricardo, ou para A Mão de Vata, do famoso pedreiro livre Constantino (atenção que é "pedreiro livre" sem hífen). Para desempatar entre estes três, terei obviamente que ir por quem tem mais hipóteses de ganhar a votação. Como o do Diego e o do Ricardo estão com uma votação fraquita (não percebo porquê, mas enfim...), peço então que ajudemos A Mão de Vata a destronar a lagartada do topo, colocando-os assim a cheirarem o rabo ao Constantino, que, no fundo, é o que eles merecem.

Ide e votai (as categorias estão por ordem alfabética, andam um bocadinho para baixo e logo vêem o "Desporto") como se não houvesse amanhã.

28,5

Quando o zbordin terminar esta época em quarto lugar, muito se vai falar sobre os 28 milhões de euros gastos em reforços. Foi o Elias, foi o Capel, foi o Onueyidedneyb, foi o Woldfmsdknsfk, foi o não sei quem e por aí adiante.

Mas aí, se houver justiça, nós, benfiquistas, deveremos fazer uma pequena grande correcção. Não foram 28 milhões mas sim 28,5 milhões. É que houve um reforço bastante importante para a identidade do zbordin nesta época, que custou 0,5 milhões de euros. Um reforço de estupidez, de tacanhez, de mesquinhez e de outras palavras terminadas em "ez" e que combinam na perfeição com semelhante clube.

Na cama com Cardozo

segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Perdoem-me o enorme copy/paste, mas o seguinte texto tem que ser lido na íntegra:

O Cardozo

Com tamanha eficácia concretizadora, seria de esperar que o número 7 benfiquista fizesse a alegria de todo e qualquer adepto. Parece que o Tacuara é o melhor marcador estrangeiro do Glorioso. Parece que nos salva umas quantas vezes. Dizem que tem um pé esquerdo-bala. Mas a mim não me traz grande alegria. Já aqui o disse muitas vezes. Hoje explico porquê.
Oscar Cardozo é teimoso, pesado, cabeçudo, preguiçoso, lento e, mais recentemente, caprichoso. Tem vindo a perder humildade e, mesmo marcando, qualidade. Se o paraguaio já me mexia nos nervos antes do último Benfica - Sporting, o vermelho que viu nessa partida levou-me ao ataque de nervos agudo. Amarelado e caprichoso, deu-se ao luxo de protestar com a vida ou com o árbitro - nunca saberemos - e ir parar ao meio da rua com meia hora de jogo pela frente e uma vantagem magra para defender. Depois desse jogo, e com o Rodrigo a jogar a titular, perdeu-se qualquer hipótese de eu vir a gostar - ou voltar a gostar - do Cardozo. Lembram-se quando ele dançava a imitar uma galinha após cada golo marcado? Pois cantar de galo é o que o Cardozo faz melhor.
Ele marca, pois marca. E obriga alguns defesas a preocuparem-se em marcá-lo, é verdade. Mas pensa muito pouco. Não tem visão de jogo ou inteligência táctica. Não faz pela vida, espera alegremente que a bola lhe chegue ao alcance enquanto outros se matam na correria pelos 90 minutos afora. Os tempos não estão para um ponta-de-lança que não sabe fazer muito mais que estar à espreita, sem construir jogadas ou partilhar a fortuna com os colegas de equipa. Só que enquanto o Rodrigo não acaba de crescer, o Oscar tem lugar marcado porque marca.
No sábado marcou. Duas vezes. Mas caprichoso como ele é, deu-se outra vez ao luxo de ver um vermelho. Só faltavam 5 minutos para o fim e vencíamos 4-1. Na recepção ao Santa Clara não estará lá. Não me deixa saudades.

by Marta Rebelo.


Poderia enveredar pelo caminho mais fácil e parvo e dizer que as mulheres não percebem nada de futebol, mas a verdade é que aquelas que eu conheço que gostam de futebol (poucas), adeptas ou não do Benfica, sabem compreender a importância que Óscar Cardozo tem na equipa. Assim sendo, vou antes optar por outro caminho igualmente fácil e parvo: a senhorita Marta Rebelo tem um problema de cariz sexual em relação ao Cardozo. Atentemos na seguinte frase, pejada de amargura e desdém, como só uma mulher despeitada consegue proferir em relação a um homem: "Oscar Cardozo é teimoso, pesado, cabeçudo, preguiçoso, lento e, mais recentemente, caprichoso." Chamo a atenção para o facto de ela escrever o nome do Cardozo propositadamente mal (ele chama-se "Óscar" e não "Oscar"). As mulheres conseguem ser incrivelmente mesquinhas... Analisemos então as acusações feitas a Cardozo:

Cardozo é teimoso. É teimoso porque, entre os lençóis, tenta sempre comer o pacote de Marta Rebelo, que já várias vezes o avisou que por trás só depois do casamento. Cardozo relembra-lhe que já é casado mas Marta Rebelo responde, histérica, que estava a referir-se ao casamento dela própria.

Cardozo é pesado. É pesado porque são quase cem quilos em cima de tão frágil criatura. Marta Rebelo prefere ficar por cima. E com a t-shirt vestida, que ela tem imenso pudor em mostrar as maminhas.

Cardozo é cabeçudo. É cabeçudo porque tem uma glande proporcional aos seus quase dois metros de altura, algo que deixa Marta Rebelo moderadamente dorida. Não muito dorida, no entanto, já que uma ex-deputada será sempre uma deputada. Atenção que o verbo deputar significa "incumbir" ou "delegar". Não sejamos maldosos.

Cardozo é preguiçoso. É preguiçoso porque após o acto se vira para o lado e adormece rapidamente, ao invés de ficar a ouvir Marta Rebelo dissertar sobre a sua magnífica vida política ou sobre como José Sócrates foi injustamente julgado pelos portugueses.

Cardozo é lento. É lento porque... Bom, eu aqui não sei muito bem do que se queixa Marta Rebelo, já que normalmente as mulheres se queixam de os homens serem demasiado rápidos nestas coisas do sexo. Mas Marta Rebelo é uma mulher muitíssimo ocupada, a chamada "mulher moderna", e não tem muito tempo a perder com semelhantes coisas. Prefere rapidinhas, portanto. Ou então é só do contra.

Cardozo é caprichoso. É caprichoso porque, ultimamente, tem insistido para que Marta Rebelo não fale durante a cópula. E se há coisa que Marta Rebelo não suporta, é que a mandem calar.

O que é certo é que, mesmo tendo Cardozo que aturar todas as semanas estas croniquetas de meia-tigela de Marta Rebelo, o homem continua a facturar. E a conta já vai em 117. Falo de golos, claro...

Então até para a próxima época

domingo, 15 de Janeiro de 2012

E pronto. Tal como era previsível, no final da primeira volta o zbordin já está fora da luta pelo terceiro lugar.

Eduardo Barroso, depois do espectacular "empate soube a vitória" com o Nacional, tem aqui uma oportunidade para brilhar novamente. Brindar-nos-á com a boçalidade de uma "derrota que soube a empate" ou será ousado e arriscará uma "derrota que soube a vitória"?

A suprema inteligência de Óscar Cardozo

Decorria o minuto 63 do jogo contra o zbordin na Luz e Cardozo pensa: Ok, isto está ganho, estes gajos são muito fraquinhos. O próximo jogo é para a Taça, portanto como esta malta do apito embirra comigo por tudo e por nada vou mas é ser expulso agora para não correr o risco de ser expulso nesse jogo da Taça e depois ficar de fora no campeonato. Deixa cá experimentar uma coisa parva que toda a gente faz para ver se o gajo me expulsa... Olha, já sei, vou dar um murro no relvado. Eh eh, já está.

Ontem Cardozo pensou de forma muito semelhante: Já marquei dois, isto está ganho e o mister já me disse que não jogo contra o Santa Clara para a Taça da Liga. Portanto vou mas é ser expulso, limpo os cartões e regresso contra o Gil Vicente. Nesse jogo marco mais um golito e de certeza que vou levar um cartão por ter um resto de alface na cova de um dente. No jogo seguinte, contra o Feirense, marco outro golo e levo amarelo por espirrar demasiado alto. Insisto na afronta, espirro uma segunda vez, sou expulso, fico de fora para a Taça da Liga e regresso contra o Nacional para marcar mais um golito. E aí serão quantos? 119? 120? 12... Olha aqui o guarda-redes mesmo à minha frente! Cabrão, vai chegar lá... Foda-se, tenho que saltar se não atropelo o rapaz. Au, as minhas costas... Pronto, lá vem o árbitro... O quê?!?! Amarelo por esta merdice?!?! Mas o que é isto?!?! Ah, espera... Eu queria ser expulso. Assim já não preciso de fazer força para puxar um arroto ou arranjar outra parvoíce para ir para a rua.

É o Benfica!

sábado, 14 de Janeiro de 2012

Hoje cheguei à Luz por volta das 15h e notei logo que havia ali qualquer coisa diferente. Não era apenas o facto de haver bastante mais gente do que é habitual, era outra coisa. Pouco depois, nas rulotes, o fenómeno repetiu-se: também mais gente mas, mais uma vez, não era só isso... As caras dos benfiquistas estavam diferentes, talvez mais alegres, não sei explicar, o próprio ar em redor do estádio não era o mesmo dos últimos tempos. Mais tarde, já dentro do estádio, mais do mesmo. Tudo diferente. Grupos numerosos de famílias, com os avós, filhos e netos. Muitos miúdos e miúdas com quatro e cinco anitos que sabem os nomes de praticamente todos os jogadores do Benfica mas se calhar nem sabem como é que se chama aquele tio que vive longe e que só vêem no Natal. Muitos casais de velhinhos amorosos, a andarem muito devagarinho com os seus passinhos medrosos e curtos (também quero isso para mim, no futuro, ir à bola muito velhinho e encarquilhado de braço dado com a minha mulher). Muita alegria, muita fé, mas sem grandes euforias. Uma confiança serena, portanto. Tão serena que nos segundos a seguir ao Vitória ter marcado, em vez de entrar na minha habitual depressão pós-golo adversário, me virei para quem estava comigo e disse: "Olha, afinal não vai ficar 4-0 como te tinha dito. Vai ser 4-1." E foi. Porque hoje houve muito Benfica. Também no relvado, mas não só. Houve muito Benfica cá fora, bem antes de o jogo começar. Muito mais do que contra o Manchester ou zbordin, por exemplo, que até tiveram mais espectadores. O Benfica das gentes e das ruas da época 2011/12 acordou hoje em definitivo. E foi tão bonito... Não o deixemos voltar a adormecer, por favor.

Ah, que surpresa... III

O que o engenheiro Pais do Amaral manifestou durante algum tempo foi uma declaração de intenções que nunca passou à prática. Enfim, tanto chinfrim com o fabuloso contrato que iríamos fazer com o Pais do Amaral e... Nicles. Nada que não se estivesse à espera, não é? Foi a chamada tesão de mijo.

E também me fazem um bocadinho de confusão as seguintes palavras do Domingos Soares Oliveira: O cenário está agora clarificado: ou negociamos com a SportTV ou colocamos a emissão dos nossos jogos na Benfica TV. Isto é um bocadinho como jogar poker com as duas cartas em cima da mesa. Não se esconde o jogo, não há um bluffzito, nada... Joga-se à Benfica, portanto. Olhos nos olhos, sem medo. Esperemos que não dê merda.


P.S. É o terceiro post seguido com o título ironicamente estúpido "Ah, que surpresa..." Que não haja um quarto não irónico, porque mais logo joga o Benfica.

Ah, que surpresa... II

sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

O jogador do Rio Ave que mais perigo criou na Luz em Dezembro passado "lesionou-se" precisamente na véspera de defrontar o foculporto, clube que, "por coincidência", lhe paga o salário.

Ah, que surpresa...

Por que é que em questões de dirigismo no futebol português vamos sempre dar à mesma porta? E aberta a porta ali está ele, o novo presidente da Liga.

A importância de fazer amor no dia correcto

quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Acabo de ver uma entrevista em directo de Paulo Futre no telejornal da TVI, onde ele, quando questionado por Judite de Sousa sobre a importância de Pinto da Costa na sua carreira, se sai com a seguinte pérola: "Ensinou-me muito. Até me ensinou quando devia fazer amor. Se tinha jogo ao domingo, sexta e sábado não podia fazer amor. Era só até quinta."

Cá está, confirma-se. Para Pinto da Costa, só os árbitros é que têm direito a fazer amor em véspera de jogo do foculporto. Penso eu de que.

Agraciados


Amanhã a famosíssima estrela mundial Enzo Pérez concede-nos a suprema graça de visitar a bonita cidade de Lisboa. Que tenha uma calorosa recepção, bem à medida da sua pessoa, é o meu desejo.

Está tudo bem com as minhas dioptrias

Parece que a edição 2011/12 da Taça de Portugal na realidade chama-se "Taça do zbordin clube de Portugal". Está em letras muito pequeninas, tipo exame oftalmológico, para enganar a malta, mas ainda assim dá para perceber. Aliás, pressuponho que esse epíteto esteja mesmo inscrito no troféu.

Portanto, se calhar, até nem foi mau o facto de o Benfica ter sido eliminado de tal prova, porque caso a vencêssemos teríamos choradinho para, no mínimo, três milénios. Porque esta Taça é deles, porque eles investiram muito dinheiro, porque os jogadores são pequeninos, papam Cerelac, e têm que ganhar qualquer coisita se não choram e chamam cocó ao Domingos.

É que quando o adepto do zbordin cisma que um determinado troféu é dele, se não o ganha ninguém o atura. Por mais incrível que pareça, ainda hoje (e já lá vão quantos? seis, sete anos?) oiço a léria "aquele título devia ter sido nosso, porque éramos a melhor equipa mas o Luisão fez não sei quê e o coitado do Ricardo nhenhenhe", e lá tenho que explicar muito pacientemente que as penas que se viram nesse lance não foram do voo da águia.

Pai! Ó pai! Olha, estou aqui!

quarta-feira, 11 de Janeiro de 2012

O Djaniny já não quer ir para o Benfica, segundo o que me disse, porque não está satisfeito com o que fizeram por ele.

Curto mas sentido

É só para dizer que estou apaixonado pelo Aimar.

Djaninices

Não faz qualquer sentido que os dirigentes do Velense se andem a queixar do comportamento do Benfica no negócio do Djaniny. O Benfica só tem que negociar com quem tem o passe do jogador, que neste caso é a União de Leiria. Passando para um exemplo prático, isto era o mesmo que o Benfica contactasse a direcção do Sevilha para se queixar que havia melhores ofertas pelo Reyes ou que ainda não tinha chegado à Luz o montante referente a 25% do passe. Aqui o Benfica tem que se entender com o Atlético de Madrid, tal como o Velense tem que se entender com a União de Leiria em relação ao Djaniny. É simples. Também é provável que o Bartolomeu esteja a tentar passar a perna ao Velense e ao empresário do Djaniny, mas continuo sem perceber onde está a culpa do Benfica neste imbróglio.

O que me parece é que o Benfica se antecipou à concorrência, conseguiu contratar o jogador, e agora começaram a aparecer melhores ofertas, tanto a nível salarial como, e principalmente, em relação à comissão do empresário.

E só mais uma coisinha... O papá do Djaniny diz que ele ganha actualmente 6 mil euros. Lamento, mas não acredito que um jogador chegue à primeira divisão vindo dos distritais a receber esse valor.

Percebeste a mensagem?

terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

São tão ridículos, que nem mentir sabem

Afinal parece que "Cumpre dizer que no início da época, aquando das vistorias efectuadas, quer pela Liga de Clubes quer pela UEFA, não só foram aprovadas como foram elogiadas as novas imagens dos corredores dos balneários" é uma belíssima aldrabice saída do gabinete de comunicação do zbordin.

Eis a resposta da UEFA, como revela o Público, acompanhada por uma ordem para removerem ou cobrirem as imagens nos jogos europeus: "As imagens contrariam os valores de respeito e tolerância que a UEFA promove. A UEFA tem uma política de tolerância zero em relação à violência e as imagens mostram, no mínimo, uma posição ambígua quanto à violência provocada por adeptos
."

Aguardemos agora pela posição da Liga de Clubes em relação à exibição das referidas imagens nos jogos do campeonato.

Special One, versão argentina

Não estava nada à espera disto, fiquei muito magoado porque nenhum companheiro me foi visitar ao hospital quando fui operado. Não sinto apoio do clube, sou só mais um.

Palavras (certamente que não ipsis verbis, mas o conteúdo está lá) do menino Enzo, dias antes de partir para férias. O Benfica está a lidar com um misto de criança mimada com estrela de rock. Tem tudo para dar merda da grossa.

Big Show Sic

Então mas agora anunciam-se contratações de jogadores do Benfica num programa do calibre do Dia Seguinte?!?! Ó Dr. Gomes da Silva, por amor de Deus... "Só falta assinar contrato"? Mas o que é isto?!

E depois queixam-se de que há bufos dentro da estrutura do clube, quando há dirigentes que não resistem aos holofotes e às câmaras. Já para não falar de que agora temos a Benfica Tv, que deveria ser sempre utilizada para notícias em primeira mão.

O jogo de ontem

segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012


O jogo de ontem fez-me lembrar quando jogo à bola com o meu filho de 4 anos, onde adopto aquela postura complacente, terna e paternal que se tem quando se "compete" por alguma coisa com ele, neste caso num jogo de futebol.

Lembra-me isto porque obviamente sei que sou superior em todos os aspectos do jogo, mas não deixo nunca de alimentar a esperança do meu Diogo em marcar um ou mais golos e poder celebrar entusiasticamente o facto... a felicidade em estado puro.

No fim, inevitavelmente ganho o jogo (se quiser) e ele acaba a brincadeira todo contente porque partilhou o campo comigo,  fica o resto do dia a pensar que quer ser como o pai quando for grande e vai para a cama sonhar com os golos do Benfica.

Foi assim que vi o jogo do Leiria ontem, o do Rio Ave no final do ano passado, o Guimarães na 2ª parte. Uma superioridade inquestionável, quase paternal do SLB e uma felicidade, disfarçada mas visível, nos nossos adversários, por poder partilhar o campo com a nossa equipa. Isto é lindo, não é?

Entretanto, nos corredores...

Tenho seguido com especial atenção o processo judicial que visa impedir a Bwin de patrocinar qualquer competição organizada pela Liga. Entretanto, amiúde, Fernando Gomes vai avisando que o futuro do futebol português está em risco. E, se bem me lembro, já há alguns anos, da última vez que vieram com a conversa do futebol português estar à beira do colapso financeiro, uma empresa sobejamente conhecida cresceu desmesuradamente e tomou conta do próprio futebol. Exacto, a Olivedesportos.

Ora estando ultimamente a Olivedesportos a registar sucessivos decréscimos nas receitas e em perigo (esperamos nós, mas já não digo nada) de ficar sem os jogos do Benfica na Luz, nada melhor do que nova situação de crise no seio do futebol português para ganhar ainda mais força e poder junto dos clubes, principalmente dos mais pequenos que vivem permanentemente com a corda na garganta.

Será isto um preâmbulo para a Liga avançar para a negociação de um contrato televisivo colectivo, péssimo para os interesses do Benfica, estando a Olivedesportos com a faca e o queijo ainda mais na mão? Não faço ideia, mas isto não me cheira nada bem.

Dupla Premiada



Os títulos surgem para os nossos jogadores, e as suas mais que tudo não parecem querer ficar atrás. Neste inicio do ano foi Ezequiel e Tamara, outras duplas se seguirão certamente.

Continuemos assim, goleada atrás de goleada, título atrás de título!

Um habitué

Se nos cingirmos ao aspecto material da lei, é indesmentível que Garay toca em Djaniny, desequilibrando-o e impedindo-o de prosseguir no domínio da bola. Grande penalidade por assinalar e cartão vermelho por mostrar, porque havia enquadramento e clara oportunidade de golo.

Não preciso de dizer quem é a única pessoa do planeta a afirmar que aquilo foi penálti, pois não?

Unidos rumo ao 33º

(grande foto, retirada daqui)

União de Leiria 0-4 Benfica

domingo, 8 de Janeiro de 2012

- grande jogatana do Bruno César. O gajo esteve em todas. O toque para Maxi no último golo é qualquer coisa de nem sei bem o quê.

- em menos de dois minutos, o Cardozo consegue que eu me questione como é que ele falhou aquilo e como é que ele marcou aquilo. Mais um para a conta, que é o que interessa.

- o Djaniny mostrou alguns pormenores interessantes; bem trabalhado pode ter futuro. O Rodrigo também mostrou alguns pormenores interessantes; este, além de já ter presente, terá com certeza um grande futuro.

-o Javi anda com umas entradas bem durinhas, sem necessidade nenhuma.

- ando há duas semanas a ler que o Mora já está no Uruguai, que vai assinar pelo Peñarol, que já vestiu a camisola, que já tem casa, que gostou muito da experiência no Benfica e que afinal já não vai para o Peñarol mas sim para o Granada. Quando o vi entrar em campo senti-me enganado. Não se faz.

- continuo sem sentir a mínima falta do Gaitán.

- bem o Jesus ao meter o Matic uns minutos em campo, dado que certamente será titular no próximo jogo no lugar do Javi.

- pergunta na flash interview ao guarda-redes adversário: "Nos golos de Bruno César e Cardozo não conseguia mesmo chegar lá, pois não?" E agora pergunto eu, o que querem que um guarda-redes responda a uma coisa destas? "Olhe, por acaso conseguia, mas não me apeteceu" ou "Deu-me uma comichão num testículo e perdi algum tempo com isso". Não sei que diga.

- o Benfica é um clube amigo da comunicação social. Tudo o que é jornal, site, televisão, rádio, etc, escusa de continuar a pesquisar os artigos referentes às regras de desempate da Liga para saber se o líder é o foculporto ou o Benfica. Agora não há que enganar. Não precisam de agradecer.

Chegou o Messias. Salve, Aleluia!

E de repente o António Oliveira é o "mais melhor bom" homem do planeta. Já não é um portista de merda, um corrupto, um anti-Benfica. Não, é um homem puro e honesto, que sempre pugnou pela verdade. Se calhar até é benfiquista. E porquê? Porque verbalizou publicamente aquilo que anda na cabeça de toda a gente que segue com o mínimo de atenção o futebol português e que é comentado em cafés, à mesa, no metro, no carro, no escritório, na cama, na praia, etc.

Os clubes vão todos comer à mão da Olivesdesportos. A sério? Não tinha dado por ela...

A Olivedesportos tem uma palavra muito forte nas escolhas dos presidentes da Liga e da Federação. Não me digam?!

O Fernando Gomes é um homem de mão do Joaquim Oliveira. Ah, olha que não tinha nada essa ideia.

E novidades, há? Não?

Mais importante do que ter dito o que disse, será tentar perceber por que motivo o disse e por que escolheu este momento para o dizer. É bom ter presente que as pessoas do mundo do futebol não dão ponto sem nó. E por mais que alguns, como Oliveira, venham com a conversa do "ah, eu já estou afastado dessas vidas há muito tempo", há demasiados interesses e dinheiro em jogo para se acreditar nisso.

E que dizer da parte onde ele afirma que "O Benfica tem mais nome europeu do que foculporto e zbordin juntos"? Gostaram, não gostaram? Soube bem ouvir, não soube? Aquilo apareceu ali do nada, inocentemente, não foi? Lá está o que eu dizia, se calhar o homem sempre foi benfiquista. Um grande senhor, este Oliveira! O novo justiceiro do futebol português.

Mr. Glass


O Samuel L. Jackson, actor que muito aprecio, que me desculpe, mas aquele papel teria sido perfeito para este rapaz. O filme é bom, mas o Shyamalan falhou nesse casting particular.


P.S.
Lamento não dominar as artes photoshopianas e ter que me cingir à rudimentaridade do Paint, caso contrário teria ficado uma coisa decente. As minhas desculpas.

Acompanhando toda a envolvência do zbordin-foculporto ao minuto

sábado, 7 de Janeiro de 2012

17:00h - A pouco mais de quatro horas do clássico que esta noite opõe o Sporting ao FC Porto, o ambiente em Alvalade é ainda tranquilo, sem a habitual agitação dos dias de grandes jogos, situação que se deve alterar com o aproximar da hora da partida. Os vendedores de polos Lacoste, calças Tommy e sapatos Gant queixam-se do negócio.

17:40h - Existem ainda alguns bilhetes à venda, para quem queira assegurar à última hora um lugar no Estádio de Alvalade e assistir ao vivo ao clássico entre dragões e leões. Não existem filas nas bilheteiras. Dado que o Fernando Mendes ocupa todo o espaço entre a bilheteira e a entrada do metro.

18:15h - Abriram as portas do Estádio de Alvalade duas horas antes do jogo. Os adeptos estão a ser revistados minuciosamente. Cada pessoa só pode entrar com quatros petardos, três tochas, dois isqueiros e um bico de Bunsen.

18:28h - As claques organizadas do FC Porto já chegaram ao Estádio José Alvalade. Escoltados pela polícia na habitual caixa de segurança, os adeptos portistas vão agora ser revistados minuciosamente. Tirando as habituais provocações, a chegada decorreu com normalidade. As provocações consistiram em "Vocês não são mais anti-Benfica do que nós", "O quê?! Nós é que somos os verdadeiros anti-Benfica".

18:30h - A equipa leonina já abandonou a unidade hoteleira onde estava hospedada e segue nesta altura rumo ao palco do jogo desta noite. A meio do percurso o motorista teve que ser informado que não era para ir para o Circo Cardinali na Expo.

18:42h - A PSP confirmou que já houve confrontos entre adeptos, mas na área de serviço de Leiria, na A1. Não houve feridos nem ocorrências a registar pela rapidez de acção da polícia. Segundo informações da mesma fonte, encontraram-se naquela área de serviço adeptos da Juventude Leonina de Ovar e Superdragões da zona do Porto. A zona ficou pejada de preservativos e tubos de vaselina. Um nojo que só visto.

18:45h - Os adeptos do FC Porto já se encontram no interior do estádio e vão compondo a bancada reservada à equipa visitante, no topo norte do Estádio José Alvalade. Se bem que neste duelo, dado o grau de confraternização e amizade, nunca se sabe muito bem quem é o visitante e o visitado.

18:48h - Acabou de chegar um segundo grupo de adeptos do FC Porto, mais pequeno que o primeiro. As revistas estão a decorrer com normalidade e, à primeira vista, parecem já estar os 2500 adeptos. Os dois grupos de claques organizadas chegaram com cerca de meia hora de diferença. Djaló está presente, bem como dois jogadores da equipa de futsal do zbordin.

18:55h -A equipa do Sporting já chegou ao estádio, perante muitos aplausos dos adeptos. A chegada decorreu dentro da tranquilidade, sendo que na frente do autocarro seguiam Luís Duque e Carlos Freitas, com Domingos Paciência do lado contrário. Conversavam os três sobre quantos jogadores iriam sair no final da época para o foculporto.

19:00h -A equipa do FC Porto já segue nesta altura rumo ao Estádio de Alvalade, onde às 20.15 entra em campo para defrontar a equipa da casa. Mas afinal quem é a equipa da casa? Não consigo compreender.

19:07h -O presidente do Sporting, Godinho Lopes, chegou ao estádio sob aplausos dos adeptos. Apenas porque pensavam que era Pinto da Costa, esse grande benemérito do zbordin.

19:10h -A equipa do FC Porto acaba de chegar ao estádio, numa altura em que todos os adeptos portistas já se encontram no interior do estádio. À chegada, João Moutinho foi particularmente visado pelos adeptos leoninos, e o autocarro azul-e-branco atingido com alguns objectos arremessados. O chão ficou coberto de rosas. É bonito. Moutinho verteu uma lágrima.

19:15h - João M e Marco, concorrentes do programa de televisão A Casa dos Segredos estão em Alvalade para assistir ao encontro. Ok, isto é o meu limite. Não consigo ser mais idiota do que isto. Chega.

Sniff, sniff

Está um cheiro estranho em Lisboa.

Benfiquismo a património imaterial da humanidade

sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012


Segundo a UNESCO, entende-se por Património Imaterial "o conjunto de formas da cultura tradicional e popular ou folclórica, quer dizer, as obras colectivas que emanam de uma cultura e se baseiam na tradição. Estas tradições transmitem-se oralmente ou mediante gestos e modificam-se com o decorrer do tempo através de um processo de recriação colectiva. Incluem-se nelas as tradições orais, os costumes, as línguas, a música, os bailes, os rituais, as festas, a medicina tradicional e farmacêutica as artes culinárias e todas as habilidades especiais relacionadas com os aspectos materiais da cultura, tais como as ferramentas e o habitat."


Para que este património seja considerado Obra-Mestra do Património Oral e Imaterial da Humanidade a UNESCO considera imprescindível que satisfaça as seguintes condições:


- Ser um património ainda vivo;
- Ter manifestações de excelência;
- Estar em perigo de desaparecimento; (ok este não está, mas tb em 7 biliões não somos assim tantos e isto do Benfiquismo devia ser conservado…)
- Ser transmitido de pais para filhos;


E mais algumas coisas por certo...

Provavelmente não é possível, mas era ou não era uma boa ideia isto?

É fodido, mas o velho sabe mais a dormir do que todos os outros acordados

Entrevista transmitida em horário nobre. Djaló no foculporto sem o zbordin ver um tusto. Notícia sobre imagens inapropriadas nos túneis de Alvalade. Tudo em semana que antecede um zbordin-foculporto.

E, o mais incrível, é que mesmo perante isto, os dirigentes do zbordin têm e vão continuar a ter as antenas todas apontadas para a Luz. Gostava de ter pena. Mas não consigo.

O respeito. O carinho

Não sei se serei assobiado. Penso que as pessoas me respeitam pelo que fiz em Portugal e têm um carinho especial por mim, por aquilo que eu fiz na Selecção. Mas estou preparado para tudo.







Quanto a vocês não sei, mas eu, depois destas palavras tão sensibilizadoras do Bruno, no jogo contra o Zenit irei para o estádio de fraque, penteadinho, barba feita, perfumado, com um ramo de flores para lhe atirar e com um cartaz a dizer "Bruno, obrigado por tudo o que deste ao futebol português". E é bem possível que chore. Sou um sentimentalão inveterado, caramba.

Prossegue a romaria à Madalena

quinta-feira, 5 de Janeiro de 2012

Hoje andei praticamente o dia inteiro a ouvir falar da entrevista a Pinto da Costa, ontem na SIC. Ora acontece que de cada vez que oiço falar em Pinto da Costa o imagino de chinelos na casa da Madalena (que entretanto já foi vendida), a mandar a Carolina ir à gaveta do costume buscar o envelope do costume, isto enquanto ele próprio presta desinteressado e amigo aconselhamento matrimonial a um qualquer pobre e infeliz árbitro que o visita.

Partindo então desses interessantes saraus na Madalena, lembrei-me de consultar o contador de visitas aqui do blog. Reparei então que tinha passado o milhão de visitas, algo que me tinha escapado e que deve ter acontecido algures entre as minhas mini-férias de Natal. Não festejo então o redondo e bonito "1000000" mas sim o "1013539" de visitantes, número não tão vistoso mas seguramente com mais personalidade, acompanhado do igualmente simpático "1407962" de page views.

Vocês estão ali algures dentro destes números, todos ao monte de uma forma algo apaneleirada mas muito, muito benfiquista. A todos, o meu obrigado.

Dia de Reis antecipado


Finalmente é oficial. Agora venha o dinheiro de Madrid, se faz favor, porque eu não quero ficar ocho inviernos sem o ver. E esses caloteiros do Atlético podem aproveitar para enviar também os dois milhões que ainda devem do Dani (já vai em once inviernos!!!), tal como consta no relatório e contas da SAD.

Só é pena que os 2,65 milhões que o Benfica pagou por 25% do passe do Reyes há três anos tenham passado a valer 875 mil euros. Mas sempre é melhor do que nada.

Péreztroika

Para um gajo parvo, parvo e meio. E com a crise, o Benfica tem que poupar onde e como puder.

1. Só o deixar transferir-se para outro clube no Verão e, até lá, colocá-lo a treinar-se isolado às ordens do Máximo e do Barbas.

2. Instaurar-lhe um processo disciplinar com multa equivalente ao 13º mês que recebeu em Novembro passado, e enviar-lhe a nota de culpa acompanhada de um cartão de Boas Festas de 2009.

3. Avisá-lo na véspera que o treino do dia seguinte terá lugar em Cabrões, Rabo de Porco, Picha, Colo do Pito, Focinho de Cão, Rego do Azar, Mal Lavado, Punhete, Monte dos Tesos, Vale da Rata ou outro lugar recôndito do género, e multá-lo por cada hora de atraso.

4. Aumentar-lhe as horas de trabalho diário e obrigá-lo a cumpri-las num relvado com 2 metros quadrados.

5. Obrigá-lo a horas extraordinárias todos os dias e pagar-lhe não em dinheiro mas em folgas (a lei dá essa opção à entidade patronal), que serão cumpridas precisamente nos dias em que o Benfica jogue.

6. No Verão mandá-lo para a puta que o pariu ou, para os mais susceptíveis ao envolvimento da figura materna, para o caralho que o foda.

O horror do desrespeito

quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

De cada vez que vejo um jogador levar amarelo por ter chutado à baliza depois de o árbitro ter apitado eriçam-se-me os pêlos da nuca (ontem calhou a fava a Cardozo). Sendo que o objectivo máximo do futebol é marcar golo e dado que os jogadores são formatados para o procurar desde os escalões de formação, não será compreensível e lógico que quando se encontram perto da baliza a tentem instintivamente alvejar, abstraindo-se do que se passa à sua volta? É evidente que sim.

Mas a FIFA manda esta lógica às malvas e decide que não senhor, que não é assim, que o jogador é obrigado a estar atento a todos os ruídos que assolam o ar à sua volta, quiçá inclusivamente um peido do guarda-redes adversário ou até mesmo um arroto distante nas bancadas. E o apito do senhor árbitro, claro. Porque para a FIFA, se um jogador tenta o golo poucos segundos após o apito está a gozar descaradamente com o senhor árbitro e a insurgir-se de forma gravosa contra a sua decisão em parar o lance. E tem que ser punido, pois claro.

Ora sendo eu um amante do basquetebol, e em particular da NBA, não me chegam os dedos das mãos para contar a quantidade de vezes que, por jogo, um jogador lança calmamente a bola ao cesto ou prossegue o drible e termina com uma suave bandeja por baixo da tabela após os árbitros terem interrompido o jogo. Tudo entre sorrisos, às vezes com uns encontrões amigáveis dentro do garrafão, enquanto os árbitros conversam e tomam a sua decisão. O cesto não conta, como é evidente, mas ninguém se sente desautorizado, ninguém morre e o espectáculo prossegue.

Era pedir muito fazer igual no futebol?

Haverá sempre quem diga que uma parede branca não é branca

As decisões de uma equipa de arbitragem são e serão sempre passíveis de gerar discórdia, excepto em lances em que o grau de subjectividade é zero. Um desses lances aconteceu ontem em Guimarães, entre Maxi e Toscano. Curiosamente, até há uma parte subjectiva na jogada, já que admito que haja quem diga que é falta do Maxi e quem diga que não há nada. Quanto à parte objectiva, é fácil perceber qual é: o lance ocorre fora da grande área do Benfica. E julgo que não são necessárias repetições de todos os ângulos possíveis e imaginários para se chegar a esta conclusão.

Porém...

Toscano, depois de ganhar posição, é impedido de prosseguir a sua acção por Maxi Pereira, já no interior da área. Uma infracção passível de grande penalidade e cartão amarelo, analisa o, felizmente, ex-árbitro Pedro Henriques.

Indicador Global de Benfiquismo

Há cerca de um mês li/vi algures (não consegui hoje encontrar) umas linhas onde Miguel Góis apontava ao seu amigo Ricardo Araújo Pereira o defeito de, recorrentemente e algumas vezes de forma exagerada, demonstrar o seu Benfiquismo.


Miguel ia um bocadinho mais longe na afirmação e defendia que RAP não era mais benfiquista do que ele, apesar de o próprio Miguel admitir que expressava a sua condição menos vezes e de forma menos exuberante do que RAP o fazia.

Será que Góis tem razão? Quem é mais Benfiquista? É possível encontrar uma forma de medir o Benfiquismo? Difícil, é certo, mas vamos tentar.

Vou dividir esta questão em 3 momentosNeste primeiro post vou especificar 50 critérios de medição de Benfiquismo – todos eles factuais, uns obviamente mais importantes que outros. A resposta será sim/não. O racional base é simples:  Quanto mais sim, mais Benfiquista o respondente será.

A ajuda que vos peço neste post é que façam nos comentários a sugestão de itens adicionais de Benfiquismo que me tenha esquecido e que devam ser integrados.

Num segundo post vou estabelecer pesos para cada um dos itens, através da aplicação de um questionário cujo link deixarei aqui no blogue. O objectivo deste passo é saber quais os itens que demonstram mais benfiquismo e os que demonstram menos.

Por exemplo será mais benfiquista um sócio do que um adepto? Isso vão dizer vocês. E quem tenha a camisola do clube versus quem tenha apenas um cachecol?

No terceiro post vou deixar o link final do estudo onde vos vou pedir resposta aos indicadores finais. Após esta componente, vou aplicar os pesos e criar o vosso “Indicador Global de Benfiquismo”. Para fechar vou segmentar (criar grupos homogéneos) os benfiquistas em função das suas respostas (os activos, os distantes, etc). Estes 2 outputs irei publicar se acharem pertinente, assim como divulgar junto da nossa Direcção de Marketing.

Boa ideia? Espero que sim, porque vai dar trabalho… J.


Então estes são os itens que identifiquei:
  1. Já foi à Luz
  2. Já foi a um jogo das Competições Europeias na Luz
  3. Já foi fora ver o Benfica
  4. Já foi fora ver o Benfica em jogos das Competições Europeias
  5. Já foi ver treinos da equipa de futebol
  6. Já foi ver jogos das modalidades
  7. Já foi ver treinos das modalidades
  8. Já viu jogos dos escalões de formação
  9. Tem redpass
  10. É sócio
  11. É sócio fundador Estádio da Luz
  12. Tem alguém na família directa que é sócio
  13. Gerou / Incentivou pelo menos um sócio fora do núcleo familiar
  14. Tem quota das modalidades
  15. Votou em eleições
  16. Participou em Assembleias Gerais
  17. Tem/teve camisola da época em curso
  18. Tem pelo menos 2 camisolas oficiais
  19. Tem roupa do Benfica que veste fora do ambiente desportivo
  20. Tem outro merchandising do clube (cachecol/bandeira, etc)
  21. É coleccionador (camisola Eusébio, posters autografados, etc) – itens de colecção com valor de mercado
  22. Tem em casa um espaço para o SLB (um quarto/uma arrecadação/um altar, etc.)
  23. Fez ofertas de produtos do Benfica
  24. Já foi à Catedral da Cerveja
  25. Já foi à Loja do Benfica
  26. Já visitou o Estádio (fez o Tour)
  27. Já utilizou Infra-estruturas (Piscinas/Spa/Ginásio)
  28. Já foi ao Seixal (Centro de Estágio)
  29. Já foi a uma casa do Benfica
  30. Tem/teve Acções do Clube
  31. Tem/teve Operação Coração
  32. Tem/teve Obrigações do Clube
  33. Fez oferta/doações ao Clube
  34. Tem ou escreve num blog do Benfica
  35. Tem hino/ring tone do Benfica no telemóvel
  36. Compra/Comprou o Jornal do Benfica
  37. Compra/Comprou livros do Clube
  38. Comprou pedra na Praça dos Heróis
  39. Tem Benfica TV
  40. Tem Multimédia (DVDs / CDs do Benfica)
  41. Tem seguros Benfica
  42. Tem Benfica Telecom
  43. Já usou Benfica Viagens
  44. Usou algum benefício de sócio (Repsol, McDonald’s, etc.)
  45. É/foi atleta do clube
  46. É /foi colaborador não remunerado do clube
  47. Tem jogos do Benfica (no Iphone / jogo Trivial do jornal “A Bola”)
  48. Tem crianças com nomes associados/em homenagem a jogadores do clube
  49. Tem automóvel vermelho
  50. Tem sinais exteriores de benfiquismo no carro/casa


El Adoua 1-4 Witsel

terça-feira, 3 de Janeiro de 2012

- às tantas parei de contar as vezes que Joaquim (ir)Rita disse que El Adoua estava a meter Witsel no bolso. Já ia em 749... O Joaquim tem que alargar os horizontes e não cingir-se a dois jogadores. Acredito que com esforço e dedicação ele chegue lá.

- o Nolito mantém uma regularidade fantástica desde que chegou ao Benfica: grande jogo e cartão amarelo por protestos. Melhor em campo, para mim.

- Cardozo muito fraquinho. Só dois golos em 45m é de uma pobreza tremenda.

- o guarda-redes do Guimarães estava comprado. Não pelo Benfica mas, como o nome do rapaz indica, por Jorge Jesus. Não gosto de vencer assim.

- o Javi devia perceber que é o sucessor do David Luiz como alvo fácil de tudo e mais alguma coisa. Portanto, tem que se refrear.

- alguém explique aos comentadores da SIC que a grande área do Benfica é igual à das outras equipas e não todo o meio-campo, como eles parecem pensar. O lance do Maxi é fora da área e o do Garay idem. No do Maxi, dá ideia que este empurra o adversário com os braços mas no do Garay é o próprio quem sofre falta do Éder.

- mais um penálti por marcar a favor do Benfica. Siga para bingo.

- estou extremamente preocupado com os jogadores do Guimarães. Dada a forma como estavam constantemente a cair e a mostrar a boca ao árbitro, receio que tenham feito implantes de silicone da Poly Implant Prosthesis nos lábios. Vejam lá essa situação, se faz favor, que já morreu gente em França.

Apostemos na realidade

Muito sinceramente, isto de o Benfica ter um milhão de seguidores no Facebook não me aquece nem arrefece. O clube precisa é de sócios a pagar quotas regularmente para continuar a ser competitivo dentro e fora de portas, tanto no futebol como nas modalidades. Trocava já este milhão de facebookianos por trezentos mil sócios pagantes.

Estão a ver aqui na barra ao lado onde diz "Ainda não és sócio do Enorme? Estás à espera de quê?" Cliquem aí. Se tiverem condições financeiras para tal, façam-se sócios. Contribuam para um Benfica mais forte no mundo real, já que o virtual não dá títulos.

Rearranjando Platini

O futebol é grande com as suas injustiças, como aconteceu no Alemanha-França das meias-finais do Mundial de 1982, como a mão de Maradona ou a mão de Henry. Apesar de terem sido más, essas injustiças deram notoriedade à modalidade. O vídeo não vale para o futebol, diz Platini.

O foculporto é grande com as suas injustiças, como aconteceu com as viagens do Calheiros, os quinhentinhos do Guímaro ou as visitas à casa da Madalena do Augusto Duarte. Apesar de terem sido más, essas injustiças deram notoriedade ao clube. A justiça não vale para o foculporto, digo eu.

2012, o ano do fim do mundo

segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

Penso que há um erro claro (e grave) de interpretação do calendário Maia (atenção, não é o calendário da Maya, que determina que às segundas, quartas e sextas ela come miúdos loiros, às terças, quintas e sábados come miúdos morenos e aos domingos descansa o pipi).

Em 2012 não vai haver nenhum fim do mundo. O que vai haver é o fim do mundo em cuecas no dia 19 de Maio de 2012. E eu quero participar. Se não puder ser em Munique, que seja no Marquês. Aguardo então serenamente.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.